Anitta é acusada de racismo por norte-americanos após live





Anitta, cantora que representou o país como a primeira brasileira a se apresentar ao vivo no MTV Video Music Awards em 12 de setembro de 2021 e se destacou no tapete vermelho do MET Gala no dia seguinte, foi infeliz em uma aparição recente nas redes sociais. Durante live em sua conta oficial do Instagram, a artista utilizou um termo considerado ofensivo para a comunidade negra dos Estados Unidos, a qual a chamou de "racista."


Enquanto se maquiava, Anitta disse o termo "nigga," palavra criada no tempo da escravidão norte-americana, bastante usada pelos supremacistas brancos para se referirem aos negros como uma raça inferior.


A palavra é utilizada por pessoas negras, e muito presente no rap, artistas como Kanye West e Kendrick Lamar e outros, a utilizam com frequência mas, quando utilizada pela população branca, carrega a conotação racista.


Após a repercussão, internautas norte-americanos, questionaram nas redes sociais, se Anitta não possuía acesso a informação, o assunto chegou a ser um dos mais comentados nas redes sociais, gerando vários debates.



448 visualizações0 comentário