Cardi B pediu adiamento de sua ida ao tribunal devido a Covid-19, mas é vista aglomerando em Paris

A 'rapper' que deu a luz recentemente, está participando da semana de moda em Paris, alegou que sua viagem de Nova York até o tribunal da Califórnia, traria riscos a sua família




A 'rapper' que acabou de ter o seu segundo filho, entrou com um pedido a justiça da Califórnia, alegando que sua viagem até o tribunal poderia trazer riscos a seu bebê e sua família, já que a mesma reside em Nova York e precisaria pegar vôo para se deslocar de um estado para o outro, tendo contato com outras pessoas. O julgamento está marcado para o mês que vem, mas Cardi teria pedido a justiça, cerca de pelo menos 75 dias para comparecer ao tribunal. As informações e documentos confirmando o pedido, foram adquiridos e divulgados pelo site TMZ. O processo em questão, se trata do uso ilegal de imagem do modelo Kevin Brophy, que alega que a rapper usou sua foto para compor a capa de sua mixtape intitulada "Gangsta Bitch Music". O modelo alega que nunca deu permissão da imagem e que devido a isso, sofreu vários danos e provocações com a capa explícita.

Em meio a essa questão de querer privar sua saúde, a de seu bebê e sua família devido ao novo corona vírus, um assunto vem chamando a atenção. Cardi é uma das artistas presentes na semana de moda de Paris, e foi vista em meio a aglomeração sem o uso de máscaras, e descumprindo as regras de distanciamento, ao lado do seu marido Offset, que também não fazia o uso de máscaras Internautas questionaram se a rapper estaria usando a maternidade para "fugir" da justiça. Vale ressaltar que a rapper irá responder também por 12+ delitos, entre eles abuso e extorsão.

36 visualizações0 comentário